Terça, 16 de Julho de 2024
(11) 99568-1199
Política Mudanças de nomes

Visita do Lula no ES deixou espaço para partidos de oposição nas eleições 2024 

Cálculos estão sendo feitos pelos partidos no ES

18/12/2023 10h16 Atualizada há 7 meses
Por: Redação Fonte: Aluísio Rocha
Ricardo Stuckert/PR
Ricardo Stuckert/PR
A rápida passagem do presidente Lula no Espírito Santo acabou abrindo espaços para elevar as intenções dos partidos de oposição para a próxima eleição em 2024. Muito embora, a visita também buscou recuperar a imagem política do petista e aquecer as lideranças do PT capixaba. Um deles, neste caso, especificamente, é o deputado estadual João Coser - que já trabalha com sua pré-candidatura à Prefeitura de Vitória. Porém, as expectativas foram bem maiores do que a realidade. 
 
Com forte preocupação em relação ao andamento das articulações em São Paulo, onde o presidente Lula trabalha pessoalmente numa agenda com Guilherme Boulos (Psol), visando capitalizar musculatura política para a disputa à prefeitura de SP. Neste campo, inclusive, declara publicamente ser seu maior apoiador. Tudo, justamente, para reduzir ou inibir a movimentação do PL nacional, através da figura do ex-presidente Bolsonaro que tenta emplacar Ricardo Salles (ex-ministro).
 
Já em terras capixabas, a atividade "pré-eleitoral" de Lula não conseguiu agregar pontos para Coser, aqui diversos atores políticos buscaram a linha do populismo, e assim, o protagonismo necessário para Coser herdar uma pontuação diferenciada diante da visita de Lula não fluiu. Nas redes sociais, os representantes do PL e PP lançaram diversos materiais informativos sobre as obras do Contorno - motivo principal da visita do presidente Lula.     
 
O próprio PSB, que tem o governador Renato Casagrande como maior referência política, consegue inibir este protagonismo de Coser. Estrategicamente os socialistas também lançaram um pré-candidato à prefeitura de Vitória, no caso, o nome oficializado foi do deputada estadual, Tyago Hoffmann. E, como as cenas políticas são criadas pelo momento, Hoffmann também demonstrou sua articulação em Brasília num encontro com o vice-presidente Geraldo Alckmin (PSB). Lá, ao lado do Alckmin, deixou um recado para o mercado político do ES, descrevendo assim sua pré-candidatura. 
 
Em outra linha, o deputado federal, Evair de Melo (PP) buscou rapidamente conversar com o atual governador de São Paulo, Tarcisio de Freitas (Republicanos) e demonstrou este jogo de articulação para seu eleitor mais atento, principalmente os bolsonaristas. Na conversa, descreveu que o ex-ministro de Bolsonaro foi quem atuou para destravar a burocracia para início da obra da Rodovia do Contorno. No vídeo, Evair salienta "não posso perder a oportunidade, essa semana vai ser liberado o trânsito do contorno do Mestre Álvaro...Tarcísio, você é o pai dessa obra foi você que teve coragem de tirar do papel que começou em 2019.  Agora, essa semana vai ser liberada, talvez seja um investimento rodoviário no Brasil, muito obrigado pela confiança na bancada capixaba". 
 
E, dentro do PL, o senador Magno Malta, também buscou as redes sociais para deixar suas afirmações. Na gravação ele diz "implica dizer que foi no meu primeiro mandato de senador, que você já deve ter visto nas redes sociais, discurso de muitos pais e muitas mães nessa obra. Agora, eu vou dizer para você, quem é o pai, quem é o autor...em 24/06/2008 eu protocolei e foi aprovada a federalização desse trecho, um projeto de lei com a minha assinatura com a sanção da presidência".  Para dar um visão da atual conjuntura em Brasília o partido Liberal atua firme para reforçar sua bancada de senadores.  A tentativa é agrupar na sua legenda nomes estratégicos do PP e PSDB. 
 
Substituição de pré-candidaturas no ES em meio aos levantamentos internos 
 
Com todos estes cenários e seus efeitos a visita de Lula colocou em prova o posicionamento de setores partidários da oposição. Assim, a a cada momento, estes grupos partidários ficam mais animados com a atual conjuntura criada diante dos recentes fatos no ES. Muito embora, as legendas já trabalham com pré-indicações, alguns colaboradores, ainda pedem para aguardar novas movimentações. "Pode acontecer de tudo, até mesmo, a substituição de nomes pelo efeito das articulações mais robustas em Brasília e também em São Paulo. Provocando de imediato uma troca ou ruptura dentro de um entendimento maior", revela um dirigente partidário. 
 
No Partido dos Trabalhadores  as conversas continuam definindo prioridades na legenda, até mesmo para a corrida em 2026. Um dos nomes citados para um disputa ao Palácio Anchieta e do deputado federal, Helder Salomão. Com isto, uma remodelação não é descartada. Incluive, ainda é modesto os movimentos de Coser para retorno ao comando do poder executivo municipal na Capital.  
 
Já, o partido do atual prefeito da Capital, Lorenzo Pazolini (Republicanos) possui levantamentos internos que são estudados pela cúpula da legenda . Nestes dados de consumo interno há indicativos que apontam "um certo otimismo para 2024". Pazolini caminha ao lado de seus apoiadores buscando fortalecimento para uma reeleição em Vitória. 
Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Vitória, ES
Atualizado às 22h25
22°
Parcialmente nublado

Mín. 20° Máx. 29°

23° Sensação
3.58 km/h Vento
91% Umidade do ar
0% (0mm) Chance de chuva
Amanhã (17/07)

Mín. 20° Máx. 24°

Tempo limpo
Amanhã (18/07)

Mín. 19° Máx. 27°

Chuvas esparsas
Mais lidas
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Ele1 - Criar site de notícias